Blog / Contabilidade organizada facilita créditos em instituições financeiras



O mercado está competitivo e o empresário que quiser ter destaque em seus empreendimentos vai precisar investir. Acontece que o número de concorrentes aumentou com o passar dos anos e o surgimento de novas vias de comercialização, como o sempre crescente mercado online. Se antigamente uma loja de materiais de construção precisava se preocupar apenas com a loja mais perto do seu estabelecimento, agora outras praças estão competindo – não importa a distância.

Acontece que as empresas que são MEIs ou que estão enquadradas no Simples Nacional estão apostando em estratégias via redes sociais e estão investindo em tecnologia – seja em equipamentos internos ou em veículos para melhorar a logística.

Em outras palavras: É preciso que o empreendedor  busque realizar investimentos para que o seu negócio ganhe cada vez mais presença e não fique defasado.

Marcos Rodrigues, presidente do Contabfácil,  ferramenta online que trata de toda a contabilidade de empresas do Simples Nacional, Profissionais Liberais e MEIs,  uma empresa ter acesso às vantagens de investimentos em instituições é mais que um privilégio, mas uma necessidade. Para que estas empresas tenham acesso aos melhores créditos em instituições financeiras, Marcos recomenda uma contabilidade mais organizada:

“O fato de ter uma contabilidade em si já é um sinal de organização e seriedade, uma vez que a maioria destas empresas não possuem. Além disso, com o balanço, as instituições financeiras conseguem visualizar claramente qual a condição da empresa – seu faturamento, endividamento e lucratividade – facilitando a análise de risco e, consequentemente, a liberação de crédito.”

Existem diversas facilidades e benefícios para as empresas que são MEIs e Simples Nacional e que buscam programas de créditos em instituições como a Caixa Econômica Federal,  uma contabilidade perfeitamente organizada só ajuda na hora de buscar estes investimentos:

“Ainda não há exigência de apresentação de balanço para obtenção de crédito. Inclusive, para MEIs, não existe crédito direto com o BNDES, por exemplo, pois é sempre através de uma das instituições financeiras conveniadas. Mesmo assim, esta organização e clareza nas informações só ajudam ainda mais quem precisa buscar recursos para investir em seus negócios e poder competir em igualdade de condições no mundo corporativo” ressalta o presidente do Contabfácil.

Confira algumas opções de linhas de créditos existentes no mercado

BNDES Microcrédito

O microcrédito é a concessão de empréstimos de pequeno valor a microempreendedores formais e informais, normalmente sem acesso ao sistema financeiro tradicional. Podem obter recursos do BNDES Microcrédito as pessoas físicas e jurídicas empreendedoras de atividades produtivas de pequeno porte, ou seja, aquelas que obtenham receita bruta igual ou inferior a R$ 360 mil em cada ano-calendário. Os recursos destinam-se sempre ao financiamento de capital de giro e/ou de investimentos produtivos fixos, como obras civis, compra de máquinas e equipamentos novos e usados, e compra de insumos e materiais.

 

Crédito ou microcrédito para MEIs do SEBRAE

O microcrédito é um empréstimo com valor menor acessível ao Microempreendedor Individual. É obtido sem burocracia, mas tem suas regras. O microcrédito é a concessão de empréstimos de pequeno valor a microempreendedores formais e informais, normalmente sem acesso ao sistema financeiro tradicional. É um tipo de crédito no contexto de microfinanças, que abrange o fornecimento de empréstimos e outros serviços financeiros especializados para pessoas de baixa renda.

 

Microcrédito Produtivo Orientado da Caixa Econômica Federal

O Microcrédito Caixa é o ideal para o crescimento de diversos negócios, seja para comprar materiais, equipamentos ou melhorar o ambiente. O Microcrédito Caixa é ideal para empreendedores formais, informais e Empreendedores Individuais​, e oferece uma equipe capacitada para visitar o seu empreendimento e esclarecer todas as suas dúvidas sobre formas de pagamento, prazos e limites do empréstimo.​

 

Microcrédito Produtivo Orientado do Banco do Brasil

Com o Microcrédito Produtivo Orientado (MPO), o empreendedor conta com empréstimo para melhorar o fluxo de caixa (capital de giro) ou para realizar investimentos, como compra de equipamentos, móveis, ferramentas e demais itens necessários ao funcionamento da atividade econômica.

Foto: Divulgação
Fonte:KAKOI Comunicação

 

Newsletter