Blog / As mudanças do Simples Nacional ajudarão a pagar menos impostos!



A maioria das mudanças no Simples Nacional só começam em 2018, mas virão para beneficiar os pequenos empresários. Pagar menos impostos é importante para empresas que estão em desenvolvimento, e com o número de boletos e valores reduzidos, isto será possível.

Veja as três mudanças mais importantes:

Valor de faturamento maior

O faturamento da empresa define quanto de tributo ela irá pagar. A mudança do Simples prevê um aumento no valor do faturamento, então, as empresas poderão ganhar mais e pagar menos impostos. Quem é MEI e podia ganhar apenas 60 mil por ano, agora passa a poder ganhar 81 mil, então, microempresas poderão passar a ser MEI, reduzindo custos. E quem já era MEI poderá aumentar seus lucros.

Veja os valores que estarão vigentes em janeiro de 2018:

  • MEI (Microempreendedor Individual): de R$ 60 mil para R$ 81 mil
  • Microempresas: de R$ 360 mil para R$ 900 mil.
  • Pequenas empresas: de R$ 3,6 milhões para R$ 4,8 milhões.

Aumento no tempo de pagamento de dívidas

As dívidas de tributos eram divididas em até 60 meses, agora, com a mudança, os empresários poderão dividir em até 120 meses. A única regra é que as parcelas sejam de, no mínimo R$ 300. Esta mudança começará a ser colocada em prática nos próximos meses.

Investidores que não são sócios

Antes da mudança, para que um investidor-anjo pudesse colocar dinheiro em uma empresa, ele precisava ser no mínimo sócio minoritário. Criar um vínculo com a empresa. Agora esta regra vai cair e qualquer pessoa pode investir em qualquer empresa. Facilitando o crescimento de pequenos empreendedores e start ups.

Com estas mudanças o empreendedor poderá aumentar seus lucros e também a oferta para que investidores apoiem seu negócio.

Fonte: Jornal Contábil

Newsletter